quinta-feira, 15 de julho de 2010

Diário do internamento...

Olá! Agora com mais calma, posso então contar como correu tudo.
Na sexta-feira passada resolvemos ir com o Vicente para as urgências conforme dito no post de 9 de Julho, no entanto voltamos para casa, pois não existia nenhuns sinais para detectar o que pudesse ser. Mas eles estavam lá, pois o chichi do Vicente já andava a cheirar mal, mas como foi a 1ª vez que ele teve infecção urinária, ninguém iria supor...
Deveríamos aguardar até domingo, mas já não dava mais, ver o menino com a febre a incomodá-lo, até que me apercebi, que ele fazia muita força para fazer chichi e chorava, foi a gota de água!
Lá vamos nós para as urgências, antevendo más previsões que se vieram a concretizar! Após análises à urina e ao sangue confirmou-se a má noticia. A primeira infecção urinária.
Puseram-lhe o catéter na mão (agradecemos a paciência da enfermeira e auxiliar que estava nas urgências) e ai pronto, ficamos realmente convencidos, o Vicente vai ficar internado.
Já não me lembro muito bem a que horas subimos para o quarto, mas já devia passar bem das 20h00, o Vicente estava literalmente esfomeado, trouxeram a sopa e a fruta e a enfermeira estava de boca aberta, com a "velocidade" a que ele comia.
Adormeceu pouco depois e depois do Carlos vir para casa, começaram os meus fantasmas a atormentarem-me... sobre como seria, o que lhe iam fazer, quantos dias íamos ficar, entre muitas outras coisas.
No silêncio da noite (porque o piso 4 estava bastante silencioso), deu para pensar em tudo, até que consegui adormecer.
Madrugada dentro, ainda acordei umas quantas vezes, pois vinham medir-lhe a febre e dar-lhe medicamentos e entretanto também acordava com a impressão que ele estaria destapado (ele estava apenas de fralda), o que se confirmava.
Domingo acordou cedissimo, ainda não eram 7h00 da manhã, pedi o leite e ele entretanto já tinha voltado a adormecer, bebeu o leite meio a dormir e voltou a dormir, o que me deu espaço para tomar banho, arranjar-me para depois ir tomar o pequeno-almoço.
Antibióticos para cá, antibióticos para lá, antipiréticos e Cas Ldas e a desgraçada da febre, baixar... nada.
Mas o meu pequenino continuava bem disposto e a rir/sorrir para toda a gente.
No 2º dia a febre continuava, mas já parecia querer dar tréguas, um dia parecido com o primeiro, em que já fui "passear" com ele até à sala de estar, para sair do ambiente do quarto, onde só se via a linha do comboio e uns edifícios em ruínas que deveriam pertencer à GALP.
O melhor dos dias, era sempre a chegada dos avós e do Carlos, era o delírio! Ria, gritava de felicidade, no fim da noite, sempre mais ou menos à mesma hora, adormecia com uma das mãos a abraçar-me e a outra a mexer no meu fio ou na minha cara. Ainda chegou a dormir umas horinhas na minha cama de manhã. Agora está na fase em que se mexe, não quer estar sentado nem deitado, quer apenas dar os braços para que o levantem ou que andemos com ele ao colo a fazer cavalinhos e palhaçadas...
Já faz uma força imensa para se levantar, já se "apronta" como quem quer gatinhar" mas acaba sempre por ficar tipo sapo...
Na 4ª feira foi um inicio de dia complicado, pois tiveram de fazer novas análises ao sangue e urina. Quando o Vicente entendeu que o iam agarrar (ele detesta que o agarrem), para picá-lo, foi chorar a bom chorar, mas não há outra forma de o fazer. Quanto à análise do chichi, puseram-lhe o saco... não sei em que instantes ele fez o chichi, foi a análise mais rápida de sempre.
É de referir que a última vez que o Vicente fez febre foi na 3ª feira pelas 19h00.
Quanto aos resultados das análises, informavam realmente que a infecção estava a regredir, no entanto ainda faltava o resultado da urinocultura que nos ai informar qual era a bactéria que deu origem à infecção.
Quinta-feira, já sabíamos da grande possibilidade de sairmos, no entanto ainda faltava uma ecografia, para ver como estava os bacinetes (recordo que o Vicente nasceu com um deles dilatado) e para ver se a bexiga estava inflamada, assim como os rins. Essa eco só foi feita de tarde e o médico deu a boa nova, que nada estava muito alterado, logo não havia razão para não sairmos.
Viemos para cima e a novidade era que a bactéria Escherichia coli era resistente a vários antibióticos, entre eles o Trimetoprim que o Vicente toma desde sempre. Logo viemos para casa com um outro antibiótico Tricef para ser tomado durante 10 dias.
Para não me alongar muito mais, apenas resta dizer que tivemos alta, já eram quase 20 horas e eu já dizia mal da minha vida a pensar que teria de ficar mais uma noite ali, mas eis que a boa nova confirmou-se. O Vicente estava eléctrico, esfuziante...
Resta realmente deixar um muito obrigado a todos os que contribuíram que a "estadia" do Vicente fosse o mais agradavel possível, mostrando sempre compreensão, amabilidade e muita simpatia. Um muito obrigado a todos...

Sandra C.

10 comentários:

  1. ele é como o guigo gatinha de rabo eheheh
    está lindo e tão crescido!
    gostava muito de vos ver novamente ...quem sabe se não iremos ai um fim de seman destes!lol
    jitos linda
    ainda bem que ainda exestem bons profissionais!
    bom fim de semana

    ResponderEliminar
  2. Ufa. O Pior já passou.

    TUDO DE BOM E Desejos de Dias mais SORRIDENTES.

    Bjs

    ResponderEliminar
  3. Ainda bem que o Vicente já está melhor. é sempre angustiante vê-los doentes e não puder-mos tirar-lhes a dor. Ainda bem que também tens um acompanhamento medico excelente, é sempre bom :)
    Um beijinho muito grande para vocês dois, as melhoras rápidas do Vicente, está tão lindo e tão crescido...

    ResponderEliminar
  4. Ola
    Fico feliz por saber que o Vicente ja esta em casa e melhor!
    1 BJ Grande

    ResponderEliminar
  5. parabens vicente!
    muitos muitossssssss
    beijos meu querido!
    bj para ti sandra parabens ;)

    ResponderEliminar
  6. Diz que um menino muito lindo faz hoje um aninho... PARABÉNS!

    Uma grande beijoca!

    ResponderEliminar
  7. Muitos Parabéns ao vicente, beijinhos dos primos do norte (Dânia e Rogério)

    ResponderEliminar
  8. espero que estejam bem :)
    como correu a festinha!?
    bjs

    ResponderEliminar
  9. Que bom que tudo já passou e que graças a Deus ele recuperou. A continuação das melhoras para ele e muitos parabéns pelo 1º aninho! o 1º de muitos anos felizes. Parabéns aos papás e sobretudo á mamã.
    beijocas grandes

    ResponderEliminar
  10. Desculpa a minha super ausencia...

    Ainda bem que o teu filhote já está melhor.

    Ele está enorme... já fez 1 ano??? Já???? ainda me lembro de quando estavas grávida...

    Parabéns Vicente...

    Bjcas grandes

    ResponderEliminar

Diga lá o que pensa...